Tudo o que um lápis pode conter

Espaço de partilha sobre as actividades de Expressão como Actividades Globalizantes e Interdisciplinares fundamentais no desenvolvimento da criança. Teve por base a acção de formação que já partilhei ao longo de alguns anos, mas pretende-se ir mais além...Compreender a arte da criança, simplesmente respeitando-a, nesse acto individualizado de expressão
livre, que só a si lhe pertence e como tal deve ser respeitado.
Espaço ainda para a literatura infantil como mediador e receptor da expressão livre e espaço para a arte em geral!



terça-feira, 7 de junho de 2016

quinta-feira, 2 de junho de 2016

terça-feira, 31 de maio de 2016

Elvira & Cª apresentam: Algibeirices na Feira do Livro de Lisboa

        
Dias 1 e 4 de junho na Feira do Livro de Lisboa

sexta-feira, 13 de maio de 2016

quinta-feira, 7 de abril de 2016

domingo, 22 de novembro de 2015

AFINAL O ÍBIS…




O recente espetáculo da Associação Andante transporta um esquisito pássaro, o Íbis. Partindo do poema de Fernando Pessoa, (encenação de Fernando Ladeira, música de Joaquim Coelho e imagem de Mafalda Milhões) ele, o Íbis, poisa na nossa imaginação através da interpretação de Cristina Paiva, no voo de palavras esquisitas e outras mais familiares do nosso quotidiano. 
Dizem que é um espetáculo de promoção de leitura para bebés, mas é muito mais que isso. É um voo, também, ao imaginário infantil dos adultos, dando colo às nossas sensações, de modo primoroso com pormenores ao detalhe, com alguma previsibilidade que se deseja no embalo da circularidade narrativa. As imagens poéticas estão patentes nas ilustrações e adereços, como em todo o registo cénico do espetáculo, o ritmo das palavras e pseudo palavras transportam-nos na sua musicalidade desejando que o espetáculo se repita vezes sem conta. “Há que bom que era”.

Há pessoas assim, “esquisitas” de “propriedade notável” que nos conseguem encantar levando-nos ao colo da forma mais poética possível. Esquisito? Não! 
É um encanto de espetáculo.
Elvira Cristina Silva



Fotos de Associação Andante 

sexta-feira, 15 de maio de 2015

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA DE HISTÓRIAS NO PRÉ-ESCOLAR

A IMPORTÂNCIA DA LEITURA DE HISTÓRIAS NO PRÉ-ESCOLAR


A leitura de histórias não só apoia a construção de sentido em torno da escrita, como também enriquece a interacção da criança com a leitura” (Mata, 2008, p.80).

Sabia que nas crianças a aprendizagem sobre a escrita começa precocemente antes de qualquer ensino formal? Em idade pré-escolar? A criança a partir do momento em que adquire a linguagem assume um papel central no seu próprio desenvolvimento, pois ela é activa e participativa no mundo que a rodeia. Ela vai assim construindo o seu próprio conhecimento à medida que explora o meio em que vive. Tendo isto em conta, as actividades de leitura e escrita contextualizadas na realidade da criança constituem-se como actividades de extrema importância, pois permitem uma fonte de exploração e de tomada de consciência sobre as características do código escrito. Esta tomada de consciência surge assim que a criança inicia o contacto com a linguagem escrita.
Diversos trabalhos de investigação sobre a leitura de histórias têm sido realizados. Estes trabalhos têm vindo a demonstrar que esta prática assume uma importância central, não só antes da entrada para o 1ºano – início do ensino formal da aprendizagem da escrita – como também ao longo da escolarização da criança. É indiscutível e de largo consenso a importância que a leitura de histórias assume quando se constitui como uma actividade regular, sendo uma actividade agradável e que proporciona interacções, vivências, partilha de ideias e de concepções. Ouvir e contar/ler histórias permite que as crianças interajam enquanto ouvintes e enquanto contadores de histórias, promovendo em ambos os casos capacidades de ouvinte, de leitura e de compreensão. É por isso considerada uma actividade rica e completa. Eis alguns aspectos que a vivência da leitura de histórias promove, segundo Mata (2008):
o    Oportunidade para ouvir leitura fluente
o    Alargamento de experiências
o    Desenvolve a curiosidade pelos livros
o    Aprendizagem de comportamentos de leitor
o    Apoia o desenvolvimento de conceitos sobre a escrita
Ainda que fora do contexto escolar, as crianças aprendem muito sobre a escrita através da leitura de histórias. Aprendem que o mesmo texto aparece associado à mesma mensagem independentemente de quem o lê – a mensagem é sempre a mesma e aparece sempre na mesma ordem. A leitura de histórias permite, ainda, que as crianças se apercebam da orientação da escrita (da esquerda para a direita, e de cima para baixo) e das relações entre o oral e o escrito (quando o leitor aponta para o que está a ler), e ainda que as palavras se escrevem sempre da mesma maneira ao longo do texto, podendo a mesma palavra aparecer várias vezes sempre escrita da mesma maneira. Por fim, a leitura de histórias facilita o reconhecimento das letras e dos sinais de pontuação, de uma forma integrada e contextualizada, e que faz sentido.
Wells (1988, 1991), um dos primeiros autores nas investigações sobre a leitura de histórias, debruçando-se na frequência de leitura de histórias, identificou uma associação positiva entre a frequência e os conhecimentos sobre literacia das crianças aos 5 anos de idade. E identificou igualmente uma maior compreensão na leitura nestas mesmas crianças aos 7 anos. Nesta mesma linha de investigação, também Sénéchal e LeFévre (2002) identificaram associações positivas entre os hábitos de leitura de histórias em crianças de idade pré-escolar com o seu vocabulário nessas idades, tendo mais tarde avaliado os níveis de leitura dessas mesmas crianças no 3ºano de escolaridade. Concluiu-se assim que as crianças cujos hábitos de leitura de histórias eram mais frequentes apresentavam maiores níveis de leitura no 3ºano.
Os estudos descritos vieram assim enfatizar a importância da leitura de histórias em idades pré-escolares, sendo esta actividade considerada como importante e significativa, uma vez que permite e facilita não só o desenvolvimento precoce de algumas competências de literacia, como também se constitui uma base de motivação para a aprendizagem da leitura e da escrita, pelo seu carácter lúdico. Isto porque a partilha precoce com a linguagem escrita cria oportunidades às crianças de questionarem, de contactarem, de reflectirem, e obterem respostas e informações sobre a linguagem escrita, que vão permitir uma maior e melhor compreensão sobre as particularidades, potencialidades, e funcionalidades do escrito (Mata, 2004). Ler para as crianças é uma das melhores formas de encorajar a emergência e o desenvolvimento das capacidades literárias. Estas experiências de leitura têm vindo a mostrar que providenciam múltiplos benefícios (Zeece, 2007).
A escolha do livro também é algo a ter em conta e que carece de algum cuidado. Acima de tudo, o livro deverá tratar de um tema que seja do agrado da criança e que seja igualmente adequado ao seu contexto. Deve conter imagens coloridas e variadas, e inicialmente devem escolher-se livros com pouco texto. Mas à medida que a criança progride na leitura, devem escolher-se livros com texto mais longo, para ouvir, ler e para descobrir sílabas, palavras e frases (Mata, 2008).
Foi assim exposta a importância da leitura de histórias, sendo esta uma actividade extremamente rica, pois permite a relação do oral com o escrito, promovendo nas crianças capacidades na leitura, de compreensão do escrito e um desenvolvimento ao nível do vocabulário.
Madalena Ferreira de Lima | Psicóloga Educacional,
para Up To Lisbon Kids®

in: 
http://uptolisbonkids.com/2015/05/11/a-importancia-da-leitura-de-historias-no-pre-escolar/

Leituras

Leituras
Os livros que se seguem apresentam as minhas opiniões sobre os mesmos. Exclusivamente o que o "meu lápis pode conter". EC

O Rei Inchado

O Rei Inchado
clicar na imagem para ler o post

Todos os escritores do mundo têm a cabeça cheia de piolhos

Todos os escritores do mundo têm a cabeça cheia de piolhos
clicar na imagem para ler o post

Gigante Gigantão

Gigante Gigantão
clicar na imagem para ler o post

O pato amarelo e o gato riscado

O pato amarelo e o gato riscado
clicar na imagem para ler o post

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS

CINCO PAIS NATAIS E TUDO O MAIS
clicar na imagem para ler o post

A ferramenta que faz os contos

A ferramenta que faz os contos
clicar na imagem para ler o post

O caderno do avô Heinrich

O caderno do avô Heinrich
clicar na imagem para ler o post

PEQUENO LIVRO DAS COISAS

PEQUENO LIVRO DAS COISAS
clicar na imagem para ler o post

achimpa

achimpa
clicar na imagem para ler o post

Tu tens direito

Tu tens direito
clicar na imagem para ler o post

O meu avô

O meu avô
clicar na imagem para ler o post

"um, dois, três, conta lá outra vez"

"um, dois, três, conta lá outra vez"
clicar na imagem para ler o post

Minhamãe

Minhamãe
clicar na imagem para ler o post

Tous les chats

Tous les chats
clicar na imagem para ler o post

A Locomotiva

A Locomotiva
clicar na imagem para ler o post

ERA UMA VEZ UM CÃO

ERA UMA VEZ UM  CÃO
clicar na imagem para ler o post

Do outro lado do mundo

Do outro lado do mundo
clicar para ler o post

Apresento-vos KLIMT

Apresento-vos KLIMT
clicar na imagem para ler o post

O amor e a amizade

O amor e a amizade
clicar na imagem para ler o post

A História de Van Gogh. O rapaz dos girassois

A História de Van Gogh. O rapaz dos girassois
clicar na imagem para ler o post

Eu sei tudo sobre as mamãs

Eu sei tudo sobre as mamãs
clicar na imagem para ler o post

o Livro da Avó

o Livro da Avó
clicar na imagem para ler o post

As partidas do Sebastião

As partidas do Sebastião
clicar na imagem para ler o post

Papá, diz-me porque não andam as Zebras de patins?

Papá, diz-me porque não andam as Zebras de patins?
clicar na imagem para ler o post

O Meu e o Teu

O Meu e o Teu
clicar na imagem para ler o post

Zé Pimpão, o «Acelera»

Zé Pimpão, o «Acelera»
clicar para ler o post

As Férias do Pai Natal

As Férias do Pai Natal
clicar para ler o post

De Que Cor É o Desejo?

De Que Cor É o Desejo?
clicar na imagem para ler o post

Músicos contados aos jovens

Músicos contados aos jovens
clicar na imagem para ler o post

O Livro da Avó

O Livro da Avó
clicar na imagem para ler o post